Brasil

[Brasil][bsummary]

Mundo

[Mundo][bigposts]

Política

[Política][twocolumns]

Brasília será a primeira cidade com cobertura 5G da Oi


Nova tecnologia está disponível no Plano Piloto, na Asa Sul, Asa Norte, Lago Sul, Lago Norte, incluindo a praça dos Três Poderes e Esplanada dos Ministérios, além de Cruzeiro, Sudoeste, Gama, Planaltina, Guará, Núcleo Bandeirante, Taguatinga, Recanto das Emas, Samambaia, Ceilândia, Sobradinho, São Sebastião, Riacho Fundo e Santa Maria

A operadora Oi, que teve o aditamento ao seu plano de recuperação judicial homologado nesta terça-feira (6/10), começa nesta quarta (7) a operação comercial da rede 5G no Distrito Federal. Brasília foi o local escolhido para o lançamento da tecnologia, que, ao contrário de outras operadoras, terá uma frequência dedicada para o 5G. Para isso, vai utilizar parte do espectro ocioso da tecnologia 3G.

Assim, os usuários que migrarem para o serviço terão velocidades até cinco vezes maiores em relação aos 100 megabits por segundo (Mbps) do 4,5G, e quase nenhuma latência, que é a demora na resposta, os grandes diferenciais do 5G.

Como a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) só deve fazer o leilão do 5G no ano que vem, as operadoras estão usando frequências que já dispõem para os testes com a nova tecnologia. Até agora, a novidade era usar as faixas 2G, 3G e 4G para criar dar caminho ao 5G, no chamado 5G DSS. A Oi optou por designar uma faixa exclusiva para o 5G, único projeto piloto ancorado em espectro dedicado exclusivamente para essa tecnologia antes do leilão.

Cobertura

A iniciativa faz de Brasília a primeira cidade com cobertura 5G da Oi no país, com rede de 460 km² de extensão, que abrange 80% da capital. O serviço oferecido pela Oi alcança taxas de velocidade na transmissão de dados que podem chegar a 500Mbps. A partir de agora, clientes da Oi com qualquer plano de telefonia móvel que tiverem um aparelho compatível com 5G na frequência de 2.100 megahertz (MHz), na região, já vão perceber a diferença. No entanto, só há no mercado um aparelho disponível, o Motorola Edge.

Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário